Suplementação de cálcio é o suficiente?

Dra. Alexandra Manfredini 24 de janeiro de 2014 Variedades 0     Imprimir Imprimir

suplemente calcio emagrecepinda

A osteoporose tem como característica a deterioração dos ossos. Mais comum nas mulheres, a doença tem como principal causa a deficiência do hormônio feminino estrógeno, quadro que acontece após a menopausa.

O tratamento da osteoporose varia conforme a densidade óssea: se esta for muito baixa, há maior risco de fraturas, o que exige o uso de medicamentos. Mas inclui também fatores que dependem basicamente do paciente, como eliminar o consumo de cigarro e de álcool e abandonar o estilo de vida sedentário.

E a alimentação, também é importante nesse caso? Veja a seguir.

Basta suplementação de cálcio?

Se você não bebe leite (ou não inclui em sua dieta derivados desse alimento) em quantidade suficiente para abastecer o organismo com a dose adequada de cálcio, a saída seria fazer a suplementação medicamentosa do mineral para manter a matriz óssea saudável. Certo?

Não é bem assim. Na verdade, não há certeza absoluta de que a suplementação de cálcio esteja relacionada à redução do risco de fraturas osteoporóticas.

Sendo assim, a solução é mesmo buscar a ajuda de um nutricionista e balancear a dieta com boas doses de cálcio a partir dos alimentos, alcançando cerca de 1200 mg por dia. É a melhor opção!

No entanto, essa atitude não impede que você também pratique a suplementação medicamentosa, desde que tudo seja acompanhado por um especialista. Recomenda-se que o tratamento seja feito em associação ao consumo de 800-1000 UI de vitamina D por dia.


Participe do Programa Emagrece, Pinda!

Compartilhe com seus amigos e vamos emagrecer juntos!

Quem escreveu

Dra. Alexandra Manfredini

Coordenadora do Programa Emagrece, Pinda.

Deixe seu Comentário