Por que consumir peixe faz tão bem?

Juliana Oliveira 13 de fevereiro de 2013 Nutrição 0     Imprimir Imprimir

Comer peixe

Peixe é mesmo uma delícia! Mas por que é tão importante que esse alimento entre na dieta com frequência? Até a AHA (American Heart Association) recomenda seu consumo duas vezes por semana.

A explicação é simples: o peixe é uma boa fonte de proteínas, tem baixo teor de gordura saturada e os gordurosos (como arenque, sardinha, salmão, atum, truta) são fontes de ácidos graxos ômega 3.

Esses ácidos têm grande peso na prevenção de doenças cardiovasculares. Mas não só isso. Eles apresentam outras vantagens ao organismo. Vamos conhecê-las a seguir?

No que o ômega 3 pode ajudar?

  1. Ele reduz a incidência de doenças cardiovasculares.
  2. Ajuda no controle da pressão arterial.
  3. Traz benefícios a pessoas com risco de doenças cardiovasculares, seja através do consumo de peixes ou de vegetais ricos na substância.
  4. Na dose adequada (ácido graxo alfa-linolênico, de 1,5 g a 3 g/dia; EPA e DHA, outros tipos de ômega 3, de 0,5 g a 1,8 g/dia), o ômega 3 diminui a mortalidade por doenças do coração.
  5. Estudos clínicos mostram que o suplemento de ácidos graxos ômega 3 pode reduzir os eventos cardiovasculares, como morte e ataque cardíaco não fatal. Ainda assim, a ingestão de ácidos graxos ômega 3 a partir de alimentos é sempre melhor.

Teor de ômega 3 em peixes

Veja a seguir a tabela, que mostra a quantidade de ômega 3 presente nos peixes, em comparação com outros alimentos que o contém em abundância: os óleos vegetais e as nozes.

Tabela Peixe


Participe do Programa Emagrece, Pinda!

Compartilhe com seus amigos e vamos emagrecer juntos!

Quem escreveu

Juliana Oliveira

Graduada em Nutrição pela Universidade de Taubaté/2007, especialista em Nutrição Clínica pelo Instituto de Pesquisa do Hospital Albert Einstein/SP; especialista em Nutrição Esportiva pela Universidade Gama Filho/SP.

Deixe seu Comentário