Exagerou na Páscoa? Recupere-se rapidinho!

Juliana Oliveira 1 de abril de 2013 Nutrição 0     Imprimir Imprimir

content_12112

Na hora, não dá para resistir: são muitos ovos de Páscoa de presente, sem falar nas sobremesas dos almoços em família! Só depois você vai perceber, quem diria, que abusou nos doces…

E o chocolate, quando o assunto é calorias, vem em primeiro lugar na fila. Basta um ovinho de chocolate ao leite de 250 g e lá se foram 1.500 kcal extras! Já os chocolates branco, amargo ou dietético têm um pouco menos, mas ainda assim muito: seriam 1350 kcal pela mesma quantidade.

Mas não se sinta culpado! Afinal, sair da linha de vez em quando é muito bom, ainda mais na Páscoa. Agora é a hora de tudo voltar ao normal – inclusive o peso na balança!

Entre na linha após a Páscoa!

  • Aproveite essa chance para endireitar suas refeições. Pense antes no que vai comer. Se deixar para em cima da hora, fica fácil ceder a comidas prontas, provavelmente mais calóricas.
  • Dar atenção às refeições significa deixar de lado a televisão, o livro ou o computador!
  • Reorganize sua alimentação mantendo um diário alimentar. Anote tudo o que você comer durante o dia. Se possível, vá somando as calorias, e limite-se a 1.500 kcal.
  • Registre seu peso corporal hoje. Depois, mude seus hábitos alimentares para melhor, durante 7 dias, e só então suba de novo na balança.
  • Após um feriado com tantas guloseimas, caem bem muitas saladas, vegetais folhosos em grande quantidade, se possível duas vezes por dia. E mais: sopa de legumes e água em abundância!
  • Uma dica simples para comer bem e menos? Abaixe os talheres no prato entre uma garfada e outra.
  • Faça você mesma: pesquise receitas de baixas calorias e vá para a cozinha! O investimento é em você mesmo.
  • Hora de ir ao mercado: faça antes um levantamento do que precisaria para preparar lanches com menos calorias. Anote tudo e siga a lista rigorosamente!
  • Ir às compras com fome é furada: dá vontade de comprar o supermercado inteiro. Coma algo antes.
  • O que tiver em sua casa é o que você comerá. Por isso, abasteça-a com alimentos menos calóricos e muitos legumes. No mercado, nem vá à seção de doces e biscoitos. Lembre-se: você tem uma lista a seguir.
  • Durante a semana você não consegue achar tempo livre? Então, invista no fim de semana: chame a família toda para uma caminhada. Ganhar gosto pela coisa e transformar a atividade física em rotina é o objetivo.
  • Com a travessa de comida em sua frente fica bem mais fácil repetir, não? Por isso, monte seu prato antes e leve-o à mesa. Nada de pegar mais depois. Para matar a fome, faça uma grande salada de vegetais folhosos, temperada com pouco sal e suco de limão.
  • Finja que seu carro está na oficina e vá trabalhar de bicicleta ou ônibus; você pode até descer um pouco antes para andar mais.
  • De repente bate aquela fome… Mas seria mesmo fome ou apenas gula? Preste atenção em seu corpo e não ceda aos desejos que fazem o volume diário de calorias aumentar.
  • Que tal investir nos grãos integrais e nas leguminosas? Arroz integral, trigo em grãos, feijão, grão-de-bico… Todos têm muitas fibras, que ajudam o bom funcionamento do intestino. Veja mais em Seu corpo pede saúde? Invista nas fibras!
  • Por fim, preste mais atenção aos rótulos de alimentos, ou procure se informar das calorias daquilo que você come regularmente.

Participe do Programa Emagrece, Pinda!

Compartilhe com seus amigos e vamos emagrecer juntos!

Quem escreveu

Juliana Oliveira

Graduada em Nutrição pela Universidade de Taubaté/2007, especialista em Nutrição Clínica pelo Instituto de Pesquisa do Hospital Albert Einstein/SP; especialista em Nutrição Esportiva pela Universidade Gama Filho/SP.

Deixe seu Comentário