É fácil se alimentar de um jeito mais saudável

Juliana Oliveira 10 de abril de 2014 Nutrição 0     Imprimir Imprimir

alimentos saude emagrecepinda

Não é da noite para o dia que você muda o comportamento à mesa, mas essa meta também não é impossível de ser atingida.

Confira abaixo 10 dicas para entrar na linha rapidinho e viver com muito mais saúde!

1. Faça seis refeições por dia. O ideal é tomar café da manhã, almoçar, jantar e fazer um pequeno lanche entre elas.

2. Aumente e varie o consumo de frutas, legumes e verduras. Coma, no mínimo, cinco porções por dia. Quanto mais colorido o prato, mais nutrientes estarão presentes na refeição.

3. Monte seu prato com alimentos variados em diferentes proporções. Divida-o em quatro partes iguais. Duas partes devem ser de legumes, verduras e leguminosas (como o feijão e a ervilha); uma parte de arroz, massa, pão, batata ou farofa; e a última parte, de carne de boi ou de frango sem gordura, ovos ou peixe. De sobremesa, fruta.

4. Coma feijão, no mínimo, quatro vezes por semana. Arroz com feijão é uma combinação de excelente qualidade nutricional. Para variar, o feijão pode ser substituído por ervilha, grão-de-bico, soja ou lentilha.

5. Modere o consumo de doces e alimentos ricos em açúcar. Se não conseguir, limite a, no máximo, duas vezes por semana.

6. Diminua o uso de sal. Ele é a maior fonte de sódio da nossa alimentação, e seu excesso pode levar à hipertensão e inchaços. Evite também alimentos industrializados.

7. Beba, ao menos, dois litros de líquidos por dia – especialmente água. Minimize refrigerantes e bebidas alcoólicas.

8. Aprecie sua refeição. Coma devagar, em ambiente calmo, mastigando bem os alimentos.

9. Reduza o consumo de alimentos gordurosos e evite frituras.

10. Pratique pelo menos 30 minutos de exercícios físicos regularmente. Caminhe, suba escadas e escolha uma atividade que proporcione prazer e diversão.


Participe do Programa Emagrece, Pinda!

Compartilhe com seus amigos e vamos emagrecer juntos!

Quem escreveu

Juliana Oliveira

Graduada em Nutrição pela Universidade de Taubaté/2007, especialista em Nutrição Clínica pelo Instituto de Pesquisa do Hospital Albert Einstein/SP; especialista em Nutrição Esportiva pela Universidade Gama Filho/SP.

Deixe seu Comentário