Café da manhã – Uma escolha saudável

Juliana Oliveira 4 de setembro de 2012 Nutrição 0     Imprimir Imprimir

Durante o tempo que passamos dormindo nosso corpo enfrenta um longo período em jejum, apenas gastando a energia que está armazenada e o que ficou disponível na circulação, como conseqüência das últimas refeições realizadas no período de vigília.

Esse fator tem como resultado uma diminuição das reservas de “combustíveis” essências para o funcionamento do organismo. Sabendo disso, o cérebro envia sinais para todo o corpo economizar energia durante esse período, tendo como conseqüência uma diminuição no metabolismo.

Com isso o café da manhã se torna uma das principais refeições do dia, servindo como uma forma de repor as energias perdidas durante o período de sono, fornecer energia para começar o dia e normalizar o nosso metabolismo.

Porém com o dia-a-dia corrido e cada vez menos tempo devido ao estilo de vida adotado pela maioria das pessoas, sempre acordamos em cima da hora e quem sempre sai perdendo é o “café da manhã”. Porém há a necessidade de observar as conseqüências que isso pode trazer e programar pelos menos uns 15 minutos ao acordar para realizar um café da manhã gostoso e saudável.

Estudos recentes demonstraram uma relação muito forte do aumento de sobrepeso e obesidade em pessoas que não realizam o café da manhã. Isso pode ser explicado pelo fato do organismo ficar um longo tempo em jejum, entendendo assim que há necessidade de preservar energia, gastando o menos possível para a realização das tarefas básicas.

Outro aspecto importante a ser observado é quando se pula essa refeição, as escolhas alimentares na próxima refeição acaba sendo por alimentos mais calóricos e gordurosos.

O que não pode faltar no café da manhã?

- Cereais integrais, pães e biscoitos são boas fontes de carboidratos, nutrientes responsáveis pelo fornecimento de energia;

- Leite e derivados fornecem as proteínas, que são responsáveis pela formação e manutenção dos tecidos, e ainda fornecem o cálcio, que é um mineral importante na formação e manutenção do tecido ósseo e na contração muscular;

- Frutas e suco de frutas, fornecem vitaminas e minerais, responsáveis pela regulação de diversas funções no organismo.

É importante salientar que optar pelos alimentos integrais como cereais pães e biscoitos integrais, garantem mais fibras e antioxidantes para a dieta. Estes nutrientes auxiliam o bom funcionamento intestinal e ainda previnem doenças.


Participe do Programa Emagrece, Pinda!

Compartilhe com seus amigos e vamos emagrecer juntos!

Quem escreveu

Juliana Oliveira

Graduada em Nutrição pela Universidade de Taubaté/2007, especialista em Nutrição Clínica pelo Instituto de Pesquisa do Hospital Albert Einstein/SP; especialista em Nutrição Esportiva pela Universidade Gama Filho/SP.

Deixe seu Comentário