Alimentação no verão

Juliana Oliveira 8 de dezembro de 2012 Nutrição 0     Imprimir Imprimir

Com a chegada do verão, as mudanças fisiológicas que ocorrem no organismo devem ser ajustadas a uma alimentação especial. Ocorre uma diminuição do metabolismo basal em relação às necessidades do inverno, por este motivo, a quantidade calórica ingerida deve ser diminuída.

Além disso, nos dias quentes ocorre maior perda de líquidos e minerais devido ao aumento da temperatura corporal e à transpiração excessiva. Deve ser aumentada, portanto, a ingestão de líquidos, como água, sucos em geral e água de coco. O ideal seria não esperar que a sede apareça, já que esse já é um sinal de desidratação. Além da água, para manter-se hidratado, alguns minerais e eletrólitos são de fundamental importância. As fontes destes minerais e eletrólitos (sódio, potássio) são encontradas nas frutas e nos legumes. As verduras, os legumes e as frutas são alimentos ricos em vitaminas, minerais, fibras e água, por isso devem ser ingeridos com freqüência e variedade.

Cuidados Nutricionais no verão

  • Evite consumir alimentos muito gordurosos, tais como feijoada, carnes gordas e frituras, pois esses dificultam a digestão e podem provocar mal estar;
    Alimentos como arroz, macarrão e açúcar devem ser consumidos com moderação, evitando desta forma refeições muito pesadas; Selecione cereais integrais como fonte principal de açúcares, diminuindo o consumo de doces, macarrão e arroz para ter assim refeições mais leves;
  • Dê preferência às carnes magras (peixes e aves), que devem ser grelhadas ou cozidas;
  • Saladas de folhas verdes, legumes, assim como frutas e produtos integrais (que contém fibras), devem ser consumidos à vontade, pois são ótimas fontes de vitaminas , minerais e fibras e ao mesmo tempo leves;
  • A ingestão de líquidos deve ser freqüente, especialmente água, sucos e chás, uma vez que é essencial nos dias de calor manter o organismo hidratado, repondo água e minerais perdidos através do suor. Use e abuse de água mineral, água de coco, sucos e refrescos para garantir a hidratação adequada, uma vez que, no verão ocorre excessiva perda de água e minerais, principalmente através do suor.
  • Prefira os sorvetes menos calóricos e mais refrescantes, aqueles a base de água e polpa de frutas.
  • Prefira as gorduras em forma de azeite ou óleo vegetal em preparações cruas.
  • Alimentos com leite, gordura e ovos na preparação necessitam de refrigeração pois o calor aumenta a possibilidade de proliferação de bactérias que podem causar dor de cabeça, diarréia e vômitos. Nunca consuma estes alimentos em temperatura ambiente.

Fonte: RG Nutri


Participe do Programa Emagrece, Pinda!

Compartilhe com seus amigos e vamos emagrecer juntos!

Quem escreveu

Juliana Oliveira

Graduada em Nutrição pela Universidade de Taubaté/2007, especialista em Nutrição Clínica pelo Instituto de Pesquisa do Hospital Albert Einstein/SP; especialista em Nutrição Esportiva pela Universidade Gama Filho/SP.

Deixe seu Comentário